Afinal Matheus Reis falha Supertaça após expulsão na Taça “Ladrão do c…, não foste ver ao VAR”

Matheus Reis, defesa do Sporting, foi suspenso por um jogo após a sua expulsão final da Taça de Portugal contra o FC Porto. O jogador brasileiro, que não estava na ficha de jogo, foi penalizado pelas palavras dirigidas à equipa de arbitragem, onde proferiu insultos graves. O Conselho de Disciplina decidiu-se por uma suspensão de um jogo e uma multa de 1530 euros, ao invés dos quatro jogos inicialmente possíveis.

No relatório, o CD refere que Matheus Reis abordou a equipa de arbitragem após o apito final, gritando e ofendendo os árbitros, uma atitude que foi prontamente sancionada.

Além de Reis, St. Juste também foi suspenso por uma partida devido à sua expulsão durante o jogo, enquanto Hugo Viana, diretor do Sporting, foi multado em 612 euros e suspenso por 17 dias por ameaças e ofensas à honra e dignidade.

Estas decisões sublinham a importância da disciplina e do respeito no futebol, reforçando a necessidade de comportamentos adequados tanto dentro como fora do campo. O Sporting enfrenta assim a perda de Matheus Reis na Supertaça Cândido de Oliveira contra o FC Porto, um encontro que será agora mais desafiante para os leões.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *