Actualização do salário milionário de Francisco Conceição no FC Porto dá que falar

Francisco Conceição, extremo do FC Porto, aceitou um salário significativamente mais baixo para permanecer no clube, renunciando a um contrato mais vantajoso que teria no Ajax. Segundo informações apuradas pelo jornal Record, a decisão do jogador de 21 anos está a gerar intensas discussões nas redes sociais, especialmente devido aos detalhes financeiros envolvidos no acordo.

O FC Porto conseguiu garantir a continuidade de Conceição até 2029, após concluir as negociações para a aquisição do seu passe ao Ajax por 10 milhões de euros. Este acordo inclui ainda que o jogador retenha 20% dos direitos económicos sobre futuras vendas, podendo arrecadar até 12 milhões de euros caso seja transferido pelo valor da cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

No Ajax, Francisco Conceição teria um salário livre de impostos de 2,5 milhões de euros no próximo ano e 3,25 milhões de euros no seguinte. Se tivesse prolongado o seu contrato com o clube de Amesterdão até 2029, sem aumento salarial, receberia um total de 15,5 milhões de euros líquidos.

Em contraste, no FC Porto, o extremo irá receber cerca de 1 milhão de euros líquidos por época, custando o dobro à SAD devido a impostos e outras despesas, o que significa um encargo total de 5 milhões de euros até o final do contrato. Assim, a administração do FC Porto assumiu um compromisso financeiro inferior em cerca de 10 milhões de euros em relação ao que seria oferecido pelo Ajax.

Esta decisão reflete a política do FC Porto de não inflacionar sua folha salarial, enquanto oferece a Conceição a possibilidade de compensar financeiramente a diferença salarial através de uma futura transferência. Importante ressaltar que, segundo informações, não houve intermediação de agentes no acordo, e não serão pagas comissões.

Este movimento no mercado coloca Francisco Conceição numa posição de lealdade e compromisso com o clube, apesar das oportunidades financeiramente mais atrativas do exterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *